Segundo Metsul, chuvas na Bahia em dezembro foram as mais volumosas do planeta

 

Conforme relatório da empresa de meteorologia Metsul, por meio de dados coletados na base de monitoramento global de precipitação da Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera (NOAA), nenhum lugar do mundo teve uma chuva tão volumosa e numa área abrangente como o estado da Bahia no mês de dezembro.

Segundo informações do O Globo, o mapa de anomalia de precipitação, que mostra as chuvas entre os dias 24 de novembro e 24 de dezembro mostra áreas do Sudeste Asiático, perto da Indonésia e Papua Nova Guiné, com volume mais abrangente de águas, mas a região do estado da Bahia é a maior do mundo com intensa precipitação.

A tragédia baiana foi deflagrada por um fenômeno chamado Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS), colossal canal de umidade trazida do mar que “estaciona” sobre determinadas áreas, causando chuva intensa e inundação por dias. Um conjunto de fenômenos meteorológicos raros tem causado essa “anomalia” no clima baiano.

Fonte: Agora Sudoeste / Foto – Divulgação

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on print
Share on email