Noite histórica: Sessão Itinerante da Câmara de Macaúbas reúne diversas pessoas, na Comunidade de Coqueiro

Além de moradores, vereadores e servidores do colégio local, a Gestão Municipal esteve presente

Ocorreu no início da noite desta quinta-feira (02 de junho), uma Sessão Itinerante da Câmara Municipal de Vereadores de Macaúbas/BA. A reunião aconteceu no Povoado de Coqueiro, Zona Rural do município. O encontro faz parte de um projeto, desenvolvido pelo Colégio daquela comunidade.

O evento começou, por volta das 18 horas, com a abertura dos trabalhos, pelo Presidente da Câmara, Vereador Roberto Carlos. Logo em seguida, foi feita a chamada de autoridades presentes, para compor a mesa principal.

Além dos vereadores presentes, Roberto Carlos (Carlinhos), Roberto de Zé de Enedina; Nito; Jurandir Silva; Márcia Benda, o Prefeito Municipal, Aloísio Miguel, bem como o Secretário de Educação, João Luiz, estavam presentes no evento.

A mesa foi composta também pelo Diretor do Colégio de Coqueiro, Sr. Sebastião, a Professora Maria Madalena e a Presidente do Conselho Municipal de Educação/Representante da Bacia do Paramirim, pela UNCME, Alzira dos Santos Leão.

Além dos integrantes do espaço principal, se fizeram presentes na Sessão Itinerante também funcionários da Câmara, a imprensa e servidores do Colégio local. Moradores de Coqueiro, Cana Brava e localidades próximas estavam presentes acompanhando a sessão.

Ao apresentar o projeto e o encontro, o Sr. Sebastião começou a sua fala cumprimentando aos presentes, principalmente a todos da mesa. Ele destacou que essa Sessão Itinerante faz parte de um projeto, desenvolvido pelo colégio e as comunidades envolvidas.

Já a Professora Maria Madalena foi a responsável por expressar as principais demandas das comunidades. Ela agradeceu aos presentes e disse as seguintes reivindicações:

  • Reforma da Escola de Cana Brava;
  • Estrada principal, de acesso as comunidades;
  • Construção de uma Quadra Poliesportiva;
  • Construção de mais uma sala de aula, em Coqueiro;
  • Estradas precisando de cascalho;
  • Trazer tecnologia para a agricultura;
  • Projetos de desenvolvimentos das atividades pedagógicas;
  • Construção de uma área de lazer e um parquinho aos alunos;

Neste último ponto, ela fez quase todos se emocionarem. Ao falar do parquinho, a professora lembrou que uma criança tinha dito a ela que nunca tinha visto um, desse tipo.

Ao final da sua fala, foi aberta a fala aos vereadores.

Márcia Benda destacou o quanto é importante uma Sessão Itinerante. Ela também falou da necessidade de aproximação do Poder Público, com a comunidade.

Jurandir Silva relatou sobre as riquezas naturais da Comunidade de Coqueiro. Para ele, isso é de fundamental importância, para manter as pessoas no local de origem.

Nito destacou que desde quando houve a reivindicação de Tião, Diretor do Colégio, para se fazer este evento, ele se empenhou em ir até a Região Serrana e fazer parte da reunião.

O Presidente da Câmara, Carlinhos, destacou que sente muito orgulho de ser da Região Serrana. Ele também falou que no mandato anterior, cobrou muito e quase não foi atendido.

Ao seguir sua fala, falou também que na atual legislatura segue cobrando e aguarda que as demandas sejam atendidas.

Carlinhos lembrou da necessidade de ‘cortar’ um pedaço da estrada e encurtar, cerca de 15 Km, a distância entre a Comunidade e a Sede de Macaúbas, através de um ‘atalho’, por trás da serra.

Ele cobrou também, lâmpadas nos postes, além de recuperação de estradas que fazem o povo sofrer, nos períodos de chuva, devido ao atoleiro.

Já o último Legislador a falar foi Roberto de Zé de Enedina. Ele parabenizou a iniciativa de trazer o Legislativo para a comunidade. Cobrou também, em frente ao Prefeito, uma sintonia entre os dois poderes.

Depois disso, a fala ficou aberta ao público. Um representante de Cana Brava, conhecido como Cocá, pegou o microfone e explanou. Ele também parabenizou a oportunidade desse encontro e cobrou mais ações para um lugar tão distante da sede de Macaúbas.

Já o morador de Coqueiro que falou na Sessão, foi Mário. Ele explanou rápido, mas cobrou um serviço de curativo, no Posto de Saúde da comunidade.

Ao final das falas, foi convocado o Secretário Municipal de Educação, João Luiz, para falar. Ele parabenizou a todos e disse que deu vontade até de “cheirar”. Depois Rey, como é conhecido, consertou o erro, após alguns risos de todos, e explicou que era “chorar”. Isso, ao ouvir o relato da Professora Madalena.

Ele se emocionou e disse da coincidência, pois ontem mesmo, na Secretaria, já havia tido uma conversa sobre isso. Segundo ele, foi adquirido um material itinerante, para ser usado nas unidade de ensino, em momentos festivos.

No projeto, segundo Rey, já está previsto a reivindicação dos moradores da localidade.

Ao citar a importância dos Legisladores que estavam presentes naquele espaço, ele destacou que “Vereador é sinônimo de ‘vê a dor'”.

Além disso, ele garantiu o parquinho para os alunos daquele colégio e também cobrou do Ensino Médio com Intermediação Tecnológica (EMITEC).

Essa modalidade de ensino é uma oferta estruturante da Secretaria da Educação da Bahia. Ela que faz uso de uma rede de serviços de comunicação multimídia, integrando dados, voz e imagem, se constituindo em uma alternativa pedagógica para atender a jovens e adultos.

Esse público que, prioritariamente, moram em localidades distantes (ou de difícil acesso) em relação a centros de ensino e aprendizagem onde não há oferta do Ensino Médio. Além disso, atende a localidades que tenham deficiência em profissionais com formação especifica em determinadas áreas de ensino.

João Luiz disse que deve-se haver uma cobrança a esse sistema de ensino, na questão da merenda escolar, que não é de total responsabilidade do município.

Ao final, ele disse que aquele encontrou foi “a maior sessão”.

Depois disso, a palavra foi concedida ao Prefeito Aloísio. Ao cumprimentar a todos e parabenizar os organizadores do evento, ele garantiu que ainda é o ‘Aloísio’ de antes da campanha política. “De vez em quando, ainda faço os partos de vacas”, brincou o Gestor.

Ele chamou a atenção dos presentes e falou que a comunidade era um ‘oasis’. A descrição para esse termo é uma área isolada de vegetação em um deserto, tipicamente vizinho a uma nascente de água doce.

Em sua comparação, o prefeito disse que ali há uma grande quantidade de terras não aproveitáveis, mas com qualidade e com gente querendo trabalhar.

Ao falar também da importância de se valorizar o local de origem, se emocionou por lembrar que vive muito longe de sua família.

Depois, ele pegou um litro e mostrou que a água é uma condição que precisa chegar com igualdade a todos.

Sobre o projeto, que atende as reivindicações, ele disse que o primeiro passo é adquirir terras, para a quadra. Aloísio disse que em outros estados, comunidades como aquela, tinham quadras poliesportivas. Porém, pediu que as pessoas do lugar, após receberem esse benefício, utilizem os espaços para realizar atividades.

Ele também destacou que, assim como as escolas, muitas estradas faziam anos que não tinham sido reformadas.

Aloísio ainda destacou que o município tem poucos parques de diversões. Disse também que a atual Feira Municipal perdeu a identidade do produtor e aumentou as vendas até de quitandas, por uma questão de higiene.

“Favela em frente a Casa do Agricultor, a vergonha de Macaúbas”, falou Aloísio, ao lembrar que muitos produtores têm que deixar os seus alimentos no chão, ao vender na feira.

Ele prometeu atender diversas demandas das comunidades e finalizou a sua fala agradecendo a todos.

Nito disse, ao final, uma questão de ordem. Ele justificou a ausência do Vereador Ricardo Longa, devido a morte de um parente do legislador.

Ao final, o Presidente Carlinhos ainda deu a oportunidade de uma representante do Colégio, Lidiane, apresentar um projeto. Segundo ela, é um livro que informa a todos a história da comunidade.

Após isso, foi declarada encerrada a Sessão Itinerante, por volta das 20h, e foi servido uma janta, a todos os presentes.

Por: João de Jesus / Fotos: João de Jesus

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on print
Share on email