Macaúbas: Moradores do Açude reclamam da empresa que faz a pavimentação asfáltica e utilizou água da Lagoa

Ouvintes buscam uma solução para impedir a retirada de água do local

Ouvintes da Rádio Macaúbas FM entraram em contato com a emissora para relatar uma situação que tem ocorrido no Distrito de Açude, Zona Rural de Macaúbas/BA. Segundo os moradores, a empresa responsável pela pavimentação asfáltica da localidade até o Distrito de Cristais está retirando água da represa, denominada Lagoa do Açude.

Os ouvintes pedem providências, por parte de autoridades, para que essa ação seja impedida de seguir acontecendo.

Veja na íntegra a nota de moradores do Açude.

“A pedido da comunidade de Açude para que você possa está anunciando aí no seu programa sobre a questão retirada de água da represa denominada lagoa de Açude pela empresa que está fazendo asfalto até o povoado de Cristais pois essa lagoa é uma conquista de toda população que sofreu muito com períodos de extrema escassez de água e sabendo que eles não preocupam nem um pouco com isso e sabendo que essa empresa cobrou um valor absurdo para essa obra e é por isso que acham no direito de abstrair-se do que não os pertence, a população não aceita pois essa represa não possui tanto volume de água assim, pela quantidade do que eles cobraram para efetuar essa obra eles devem comprar a água que vão utilizar se fosse assim nós contribuintes não precisaríamos pagar para ter água nas torneiras, é temos o dever de pagar tudo que queremos consumir.
Que eles procurem abrir possos ou alugar se for o caso.
Obrigado. Essa represa não é nem municipal nem estadual e sim Federal, é a CONDEVASF quem comanda”, finaliza mensagem encaminhada para a redação da emissora.

Além disso, os ouvintes enviaram imagens, de um caminhão próximo da Lagoa, para a equipe da rádio.

A emissora tentou contato com a empresa “SOUZA DOURADO CONSTRUÇÕES E TRANSPORTES LTDA-EPP”, vencedora do processo licitatório, mas até o momento não conseguiu falar com a equipe. Apesar disso, se coloca à disposição desta, para que esclareça o ocorrido no Distrito do Açude.

Por: João de Jesus /Imagens: WhatsApp/MacaúbasFM

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on print
Share on email