Ibitiara completa 88 anos de emancipação política

Nesta quarta-feira (02 de março de 2022) o município de Ibitiara/BA completa 88 anos de emancipação política.

Localizada na Zona Fisiográfica da Chapada Diamantina, Ibitiara fica a 532 Km de distância da capital estadual e faz limite com Ibipitanga, Novo Horizonte, Brotas de Macaúbas, Seabra, Boquira, Oliveira dos Brejinhos e Boninal.

Quando os portugueses chegaram em busca de ouro e pedras preciosas, a história de Ibitiara se inicia, mais precisamente no final do século XVIII.

Ao se fixar num pequeno povoado, que recebeu o nome de Remédios, os desbravadores começaram o povoamento no local. Com a ideia de que a água jorrada com abundância da serra teria qualidades terapêuticas, eles tinham o lugar como um tesouro para bandeirantes cansados, devido às longas viagens.

Logo depois, criou-se o município de Remédios de Rio de Contas, onde tinha-se o ‘Arraial de Bom Sucesso’, que de acordo com o site do IBGE, cujas terras formavam um sítio que fora adquirido em 1854, por Francisco Xavier Gomes e João Rodrigues, em nome do Conde da Ponte, tendo como procurador o senhor Rodrigues Pereira de Castro.

Já em 1925, foi mudada a sede do município para ‘Bom Sucesso’, mas devido não ter autonomia com recursos próprios, ele foi incorporado ao município de Macaúbas/BA.

Porém, através do Decreto nº 8.830, de 2 de março de 1934, o município de Bom Sucesso voltou a ser autônomo.

Enquanto em 1943, através do Decreto nº 141, de 31 de dezembro de 1943, a denominação foi modificada para Ibitiara.

O nome da cidade tem significando terra de ouro, por Ibitiara ser nome indígena que significa Ibi = terra, tiara = áurea.

Em nome de todos da Rádio Macaúbas FM 103,9, feliz aniversário Ibitiara.

Por: João de Jesus / Foto: WhatsApp/MacaúbasFM

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on print
Share on email