Homem que dormiu em um depósito, na Comunidade Pajeú de Botuporã, pode ter sido Seu Vavá, desaparecido há mais de três meses

Um homem foi visto na Comunidade do Pajeú de Botuporã, com aparência de Seu Vavá. Esta pessoa dormiu em um depósito e também já foi visto andando pela região. A família do idoso macaubense volta a ter esperança, visto que ele se encontra desaparecido desde o dia 06 de fevereiro.
Segundo uma informante, um senhor ficou por algumas horas em um depósito, que fica próximo da casa de uma mulher, no Povoado de Pajeú, município de Botuporã. O local é aberto, então ele chegou, entrou e dormiu encima de saco de semente de capim.
No dia seguinte, o homem pulou o muro e saiu. A pessoa que viu, só conseguiu informar que ele estava com chapéu de massa, calça social, camisa social e muito sujo.
A informante relata que só viu o senhor pelas costas, já que ele pulou muito rápido o muro.
Devido essa pista, a família de Seu Vavá já está buscando mais informações, porém até o momento nenhuma certeza de que foi ele e nem de onde ele se encontra.
Dessa forma, quem for de Botuporã, Caturama, Tanque Novo, Igaporã, entre outros municípios da região, os familiares pedem que se alguém vê, pode tirar uma foto, avisar a família e tentar mantê-lo por perto.
Os números para entrarem em contato com a família são: 077 999891980 ou 077 999871520.
Quem encontrar ele, será bem recompensado.
Confira a matéria, publicada pouco depois do desaparecimento
Reportagem: João de Jesus 
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on print
Share on email