ENTREVISTA | Representantes do CRT-BA explicam tudo sobre o Conselho Regional dos Técnicos Industriais

Nesta sexta-feira (04), no programa 103 Notícias da Macaúbas FM, dois conselheiros do CRT-BA (Conselho Regional dos Técnicos Industriais) da Bahia explicaram para os ouvintes sobre a Organização, bem como os seus projetos e os canais de atendimento. Confira na íntegra a entrevista:

1-O que é e como foi criado o Conselho Regional dos Técnicos Industriais?

O Conselho Regional dos Técnicos Industriais da Bahia foi criado através da lei treze mil seiscentos e trinta e nove de dois mil e dezoito (13.639/2018). E com isso, todos os profissionais técnicos do eixo industrial que pertenciam a um outro conselho, eles foram migrados para o CFT e CRT. Existe o CFT, que é o Conselho Federal dos Técnicos, que é o Nacional. Hoje, aproximadamente, na Bahia, temos cerca de cinquenta e cinco mil técnicos profissionais ativos.

2-Qual a finalidade do Conselho? 

 

Bom, a finalidade do Conselho está em três pilares, que é a orientação, regulamentação e fiscalização. A orientação é para orientar, como já próprio nome diz, que é orientar o técnico e a sociedade sobre o que é o conselho. A regulamentação, ela tá nas resoluções, onde o técnico vai saber o que pode fazer e o que não pode fazer. E a fiscalização é o que vai fiscalizar todo esses outros dois pilares, para saber se o técnico ele está agindo da maneira correta, diante a resolução dele e se ele está trabalhando irregular ou regular.

3-Quem são os técnicos industriais? 

 

Todos aqueles profissionais diplomados no nível técnico. Vou dar um exemplo de alguns, que são técnicos em edificação, técnica em eletrotécnica, técnico em mecânica, técnico em automação e com isso vai para mais de duzentos e dezoito títulos. Agora os técnicos em informática também fazem parte também do nosso conselho. Então saiu agora há poucos dias uma resolução dos metalúrgicos também, técnicos metalúrgicos. Então, esses técnicos fazem parte do Conselho.

4-O técnico que não possui registro junto ao CRT pode exercer suas atividades? 

 

Bom, de maneira nenhuma. O técnico que não possui um registro junto ao Conselho, ele está exercendo as atividades de uma forma totalmente irregular. Isso está infringindo a lei. Vamos dar um exemplo, pra você dirigir qualquer automóvel, você precisa da habilitação, correto? Então, é a mesma coisa para o técnico. O técnico, pra ele exercer as atividades na área, sua atuação, ele precisa estar habilitado junto ao Conselho, que é o CRT Bahia.

5-Como fazer para se registrar junto ao CRT? 

 

Bom, é muito fácil para fazer o registro junto ao Conselho. É só ele entrar no https://www.crtba.org.br/. Ele vai em acesso rápido e em visto profissional. Clicando lá, ele vai preencher todos os dados para cadastrado profissional dele, como os dados civis, os dados da instituição, onde ele estudou… Anexa todos esses documentos, daí em diante finalizar, solicitando a documentação e é muito rápido e fácil. Também o técnico, ele pode ligar, para pedir a sua orientação ao Conselho. Temos os meios de comunicação, sistemas de telefone, que é o (71) 3901.1600 | (71) 3025.1600 e também temos o WhatsApp, que é (71) 9 9183-0708. E com isso ele pode está entrando em contato com a Central de Atendimento e pedindo mais esclarecimentos e passo a passo de como fazer a solicitação.

6-O que é o Projeto CRT-Ba em movimento e qual a sua finalidade? 

 

O projeto CRT Bahia Em Movimento é justamente o projeto que nós conselheiros criamos para passar essa orientação para os técnicos da Bahia. Inicialmente, esse projeto era presencial, mas devido a essa pandemia que estamos vivendo, o projeto foi reinventado para uma forma digital, no qual estamos fazendo entrevistas em rádios e realizando lives com instituições, com técnicos e algumas empresas também. Então, essa orientação está sendo de suma importância para todos os técnicos do estado da Bahia.

7-Onde fica localizada a sede do CRT-Ba e qual o horário de funcionamento? 

 

Por se tratar de uma Autarquia Federal, obrigatoriamente a nossa sede tem que estar localizada na capital. Então nossa sede fica localizada na Avenida Luiz Viana, no Hangar Business Park, salas 210 e 211, São Cristóvão, Salvador, Bahia. E nosso horário de funcionamento, os atendimentos presenciais estão suspensos e o atendimento online é das 09:00 às 16:00. Os contatos são (71) 3901.1600 | (71) 3025.1600. Também temos nosso e-mail que é o atendimento@crtba.org.br.

8-Quais os canais de informação disponíveis para os técnicos e população em geral? 

 

Os nossos canais de comunicação são nosso site, que é o https://www.crtba.org.br/ e nossas redes sociais que são o INSTAGRAM, Facebook, YouTube, @crtbaoficial. É bom para todos os técnicos ficarem ligados nas nossas redes, até porque nas quartas-feiras de 15 em 15 dias, às 17:00, acontece com o Presidente, e aí tem vários temas, vários blocos também, que tem a fala conselheiro, no qual o conselheiro vai falar sua função, tem também o fala técnico, que a gente dá a voz ao técnico para falar e também tirar dúvidas com outros técnicos que estão participando a hora da live. Sem falar que tem vários, cada programa tem os convidados.

9-Agradecimentos; 

 

Quero agradecer a oportunidade e espero estar presencialmente com esse término dessa pandemia, aí na rádio. Muito obrigado e espero que os técnicos tenham entendido nossa mensagem. E se estiverem com dúvida, é só entrar em contato com a gente. Não deixem de seguir nossas redes. Isso aí vocês vão observar que vai ser muito importante também pra vocês. Um grande abraço e até a próxima. (…) nós agradecemos, ao CRT Bahia, pela oportunidade de ter nos conseguido essa entrevista, que é de grande importância, não só para os técnicos, mas para sociedade também, saber que existe um Conselho, que rege os técnicos. Sigam as redes sociais, que é @crtbahiaoficial, na qual constantemente é postado informações. Acompanhar a nossa live, de 15 em 15 dias, com o Presidente do CRT Bahia, quando também é passado informações, sobre o mundo técnico e o mundo em geral, as novidades, novas resoluções, novos projetos, etc. Só agradecer vocês aí.
Reportagem : João de Jesus
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on print
Share on email