Categorias
Geral

Pandemia em 2021 pode ser pior do que em 2020, alerta diretor do Butantan

A pandemia da Covid-19 pode ser pior em 2021 do que foi em 2021. O alerta é do diretor do Instituto do Butantan, Dimas Covas. De acordo com ele, para isso não ocorrer é preciso adotar medidas para reduzir os casos da doença e aumentar a compra de vacinas. As declarações foram dadas, nesta terça-feira, 19, durante transmissão fechada da XP Investimentos, destinado a clientes institucionais da XP, como bancos, gestoras e corretoras. A live faz parte de uma série de transmissões ao vivo que a corretora organiza regularmente com temas que afetam o mercado financeiro. Covas criticou a atuação do governo de Jair Bolsonaro (sem partido) no combate ao coronavírus. Segundo ele, o Ministério da Saúde não comprou doses suficientes da CoronaVac, imunizante desenvolvido pela farmacêutica chinesa Sinovac Biotech.

(Fonte: Achei Sudoeste)

Categorias
Geral

Idosos do Asilo São Francisco de Assis são vacinados contra Covid-19 na tarde desta quarta feira, 20.

Dando continuidade ao processo de imunização ao Covid-19, a Secretaria de Saúde, através da sua Coordenação da Vigilância Epidemiológica, tendo a frente  a Sraª Joice Mara Amorim Messias, iniciou na tarde desta quarta feira, 20 de janeiro, por volta das 16h,  a vacinação dos idosos residentes no abrigo de idosos São Francisco de Assis.

Macaúbas recebeu nesta primeira fase 350 doses, conforme comunicado da Secretaria de Saúde local, estas servirão para imunizar 350 pessoas, outras doses na mesma quantidade deverão chegar em Macaúbas até o inicio de fevereiro, para aplicação da segunda dose para quem tomou a primeira. Até o momento não foram ainda divulgadas a quantidade de doses já aplicadas nestas 24h após do início do processo.

Especialistas estimam que serão necessário a imunização de pelo menos 70% da população para que se adquira a chamada “imunidade de rebanho”, neste caso Macaúbas precisaria de 70 mil doses, para vacinar 35 mil pessoas. Se assim for, segundo expectativas otimistas isso só será possível quando o Brasil tiver capacidade tecnológica para fabricar sua própria vacina, o que está previsto até o segundo semestre do próximo ano, com a conclusão da fábrica de vacina da Butantan.

( Fonte: Blog do Alécio Brandão )

Categorias
Geral

Caetité declara estado de calamidade pública em decorrência da crise da Covid-19

Em decreto publicado no Diário Oficial, o Município de Caetité, a 100 km de Brumado, declarou estado de calamidade pública na cidade para enfrentamento à pandemia. O documento considera o agravamento da crise provocada pela pandemia e os impactos negativos na economia. Segundo apurou o site Achei Sudoeste, o prefeito Valtécio Aguiar (PDT) também pontuou que as finanças públicas e as metas fiscais estabelecidas para o presente exercício poderão restar gravemente comprometidas no município de Caetité, assim como as metas de arrecadação de tributos, pela redução da atividade econômica.

(Fonte: Achei Sudoeste) 

Categorias
Geral

Com o fim do recesso parlamentar Câmara de Macaúbas retoma os trabalhos nesta quinta feira, 21

Sob nova composição, com renovação que chega a 30% a Câmara de Vereadores de Macaúbas, presidida pelo vereador Carlinhos de Antério  retorna do recesso parlamentar nesta manhã de quinta feira, 21. Algumas reformas de gabinetes, plenário e áreas de circulação estão sendo realizadas para acolher o público e os edis.

Nesta primeira sessão entre outras atividades do plenário deverá ser formada as Comissões da Casa, bem como escolha dos líderes seja da situação e da oposição. Veja a seguir a pauta completa da primeira sessão ordinária do primeiro semestre do Legislativo de Macaúbas:

( Fonte: Blog do Alécio Brandão )

Categorias
Geral

Técnica de enfermagem é a primeira pessoa a ser vacinada em Macaúbas contra o Covid-19.

A Prefeitura de Macaúbas, através da Secretaria Municipal de Saúde, informa em nota nas redes sociais, que iniciou nesta tarde de terça feira, 19, a campanha de imunização contra a Covid-19, a primeira pessoa a ser vacinada foi a Técnica de Enfermagem, a Sraª Tereza Bonfim de Oliveira, que trabalha no Centro de Saúde de Macaúbas. Ela foi imunizada pela colega de trabalho  Nivalda,  na presença da Coordenadora do Centro de Saúde Marilene Bonfim Novato Moreno e a  Sraª Tatiane Palácio Bonfim, Coordenadora da Atenção Básica do município de Macaúbas.
Todos os profissionais da linha de frente ao enfrentamento a pandemia, serão imunizados, em seguida serão os idosos do asilo São Francisco de Assis. A Prefeitura informa que recebeu nesta primeira remessa apenas 350 doses, bem abaixo da expectativa que era em torno de 1.000 doses, tendo como base o percentual da população, que foi o critério adotado pelo Ministério da Saúde para a distribuição entre os estados.
Na nota, a Secretaria de Saúde chama a atenção pela continuidade dos cuidados e a prevenção higienizando as mãos com álcool 70%, o uso de máscara e o distanciamento social ainda se fazem necessários, mas com fé em Deus começamos hoje a escrever uma nova história!
(Fonte: Blog do Alécio Brandão)
Categorias
Geral

INSS fecha 2020 com quase 1,7 milhão de benefícios represados

Em dezembro de 2020, havia cerca de 1,7 milhão de requerimentos de benefícios previdenciários na fila para concessão. Desse total, 1,2 milhão esperavam pela primeira avaliação do Instituto Nacional do Seguro Social e 477 mil já haviam passado pela análise do instituto e necessitavam que o segurado apresentasse documentação para serem concluídos. O INSS informou ao G1 que está ampliando o número de servidores na análise e concessão de requerimentos, o que diminuirá tanto o tempo de concessão quanto o estoque de pedidos. O tempo médio de concessão de benefícios no país era de 66 dias em dezembro. Atualmente, por lei, os pedidos devem ser analisados em um prazo de até 45 dias. O INSS conseguiu cumprir o que determina a lei entre junho e setembro, mas a partir de outubro o tempo de espera voltou a subir.

( Fonte: Achei Sudoeste )

Categorias
Geral

Estudo revela que 60% dos brasileiros com Covid-19 que precisaram ir para UTI morreram

De acordo com um estudo publicado na “The Lancet Respiratory Medicine”, seis em cada 10 pessoas que foram infectadas pelo novo coronavírus e precisaram de internação em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) morreram no Brasil. A pesquisa levou em consideração o período entre 16 de fevereiro e 15 de agosto de 2020 e informações quase 255 mil pacientes que testaram positivo para a Covid-19 no país em testes RT-PCR, tipo que detecta a presença do material genético do vírus. Eles tiveram registro no Sivep-Gripe, um dos sistemas do Ministério da Saúde, em que cada unidade de saúde dos municípios inclui os casos graves e mortes causadas pela doença. A idade média dos pacientes foi de 60 anos, sendo que 16% (14.979 pessoas) não apresentaram qualquer

( Fonte: Achei Sudoeste)

Categorias
Geral

Macaúbas recebe lote inicial da vacina contra a Covid-19.

A Prefeitura de Macaúbas juntamente com Secretaria de Saúde, recebeu na manhã desta terça-feira (19/01) 350 doses da vacina da Covid-19 Coronavac produzida pelo Instituto Butantan.

A vacinação deu-se início hoje a partir das 15 horas e seguirá os protocolos estabelecidos pelo Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19.

Confira a baixo a nota informativa e o Plano de Vacinação:

Reportagem: Raí Henrique.

Categorias
Geral

Chega para Macaúbas e micro região as primeiras doses da CoronaVac, vacina do Covid-19.

Minutos após o Por do Sol desta terça, 19 – pousa em Macaúbas avião fretado pelo Governo do Estado trazendo a primeira remessa de vacina Sinovac, contra o Covid-19, produzida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com a Fundação Butantã, sob os esforços do Governo de São Paulo, através do governador João Dória. Não foi divulgada a quantidade, mas tomando como base o percentual proporcional a população, estima-se que foram pouco mais de 6 mil doses; quantidade esta que será rateada entre os municípios da Bacia do Paramirim. Para Macaúbas devem tocar pouco mais de 1.000 doses, o que dará para imunizar pouco mais de 500 pessoas. E estão no topo da prioridade os profissionais de saúde da linha de frente ao enfrentamento ao Covid-19. No entanto, não se sabe se estão ai 100% das doses destinadas para a primeira e segunda etapa (após 21 dias da primeira dose aplicada), visto que o Governo do Estado da Bahia, alega motivos de segurança na reusa da divulgação das quantidades transportadas e destinadas aos município. Apenas Salvador recebeu 47 mil doses.

Estas doses chegada em Macaúbas por volta das 7h da manhã desta terça feira, 19 de janeiro, foram recebidas pelo Coordenador Índio Vilas Boas, do Micro-Polo (antiga Dires)  de Boquira (ligado a Núcleo Regional da Saúde com sede em Vitória da Conquista) , a partir de lá as vacinas deverão ser redistribuídas para os 9 municípios da Bacia do Paramirim. No ato de recebimento estavam alguns servidores da Prefeitura de Macaúbas, apoio da Polícia Militar da 4ª CIPM e o Prefeito Aloisio Rebonato.

A Secretaria de Saúde de Macaúbas e a Secretaria de Comunicação, ainda não fizeram  divulgação do Cronograma Oficial de vacinação desta primeira etapa, também ainda não divulgaram quais são os profissionais da saúde que receberão o imunizante que será aplicado em duas doses. No entanto pelas regras do Ministério da Saúde, primeiro os profissionais da linha de frente, sendo assim, deverão ser contemplados 100% dos servidores da UPA, bem como do SAMU, Hospital, do Centro de Saúde, agendes de monitoramento, e ai só depois entra os idosos acima de 75 anos, os idosos do Asilo São Francisco de Assis também devem ser contemplados, bem como seus colaboradores. Aguarda-se pronunciamento oficial da Secretaria de Saúde de Macaúbas.

( Fonte: Blog do Alécio Brandão )

Categorias
Geral

Festas de carnaval serão proibidas e não terá feriado na Bahia, afirma Rui Costa

O governador Rui Costa (PT) foi questionado nesta quarta-feira (13), sobre a manutenção dos feriados nos dias de carnaval, no próximo mês de fevereiro. De acordo com o chefe do executivo baiano, os dias seguirão normais, sem feriados, e que assim como foi feito no final de 2020, as festas serão coibidas e proibidas para evitar a aglomeração de pessoas e consequente disseminação da Covid-19, o novo coronavírus.

( Fonte: Achei Sudoeste)