Auxílio Brasil: 2,7 milhões injetados na economia de Macaúbas em junho de 2022, saiba o que é e quem tem direito a receber.

imagem reprodução

Em entrevista ao Programa 103 Notícias, da Macaúbas FM 103, o Gestor do Cadastro Único e Auxilio Brasil, Neto Amaral, esclareceu as dúvidas mais comuns sobre o benefício que atualmente já beneficia 6,6 mil famílias macaubenses.

Para ter direito ao benefício a família precisa estar inclusa dentro do Cadastro Único que é formado por um conjunto de informações sobre as famílias brasileiras de pobreza e extrema pobreza.
Essas informações são utilizadas pelo Governo Federal, pelos estados e pelos municípios para implementação de políticas públicas capazes de promover a melhoria de vida dessas famílias.

Dentre os benefícios concedidos a estas famílias estão o Programa Auxílio Brasil (antigo Bolsa Família), Programa Auxílio Gás, BPC – Benefício de Prestação Continuada, Programa Casa Verde e Amarela, Programa de fomento às atividades produtivas rurais, Carteira do Idoso, Isenção nas taxas de inscrição do ENEM, Id Jovem, tarifa social de energia, passe livre para pessoas com deficiência e isenção de taxas em concursos públicos.

O Auxílio Brasil é um programa de transferência direta de renda direcionado a famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza em todo o País, de modo que consigam superar a situação de vulnerabilidade e pobreza. O programa busca garantir a essas famílias o direito à alimentação e o acesso à educação e à saúde.

Para ter direito ao benefício, que teve seu valor reajustado para R$600,00 com a validade até 31 de dezembro de 2022, a família precisa estar com a inscrição atualizada no Cadastro Único e possuir renda familiar per capita inferior à R$ 105 caracterizada extrema pobreza ou em situação de pobreza com renda entre R$ 105,01 a R$ 200 por pessoa.

A família que atende a estes requisitos e estão com estas informações alimentadas no CadÙnico terão o beneficio analisado automaticamente pelo Governo Federal.

As famílias que se enquadram nos valores de renda per capita e não estão com as informações atualizadas ou inscritas no Cadastro Ùnico devem procurar o setor do programa que atende junto a Secretaria de Ação Social, na Praça Imacaulada Conceição, no Centro de Macaúbas.
Neto alertou a população quanto ao fornecimento de informações falsas, com o objetivo de burlar o sistema para aprovação indevida do benefício, ser caracterizado como crime, além do cidadão estar sujeito a fazer a devolução dos valores recebidos indevidamente.

Os beneficiários do Programa estão recebendo o novo cartão do programa que possui chip para oferecer maior segurança e função débito. O correio está fazendo as entregas e, nos endereços não localizados ou não assistidos, o cartão será encaminhado para a Agência da Caixa Econômica Federal. É possível acompanhar o envio na Central de Atendimento da Caixa pelo telefone 0800 104 0104.

Os beneficiários do Auxílio Brasil também terão direito a fazer empréstimo consignado, porém o Gestor do Cadastro alertou a população que este é um benefício ainda em tramite e que existem muitas financeiras já oferecendo o serviço e fazendo uma espécie de pré-contrato, algumas dessas empresas trabalhando com taxas de juros consideradas abusivas.

Neto ainda orientou população interessada em fazer empréstimos que tenham cautela e façam um comparativo rigoso de taxas de juros sem deixar de visitar a Caixa Econômica Federal oferecerá uma linha crédito exclusiva para estas famílias.

Veja a entrevista na integra https://www.instagram.com/p/CgKNusalIt9/

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on print
Share on email