Categorias
Geral

Rádio Macaúbas FM completa 36 anos de existência

Dia 25 de fevereiro de 1986 chegava ao município de Macaúbas a Rádio fm macaubense LTDA. O som do meu sertão, com o intuito de levar alegria, música e informação a sociedade, contando com uma enorme abrangência de sinal, chegando a mais de 20 cidades.

 

Em 2019 reformulamos toda nossa identidade visual, com nova direção, novas programações, novos locutores, novo site, novo aplicativo, tudo novo! Mas, com o mesmo compromisso de sempre com você ouvinte. Passamos a estar com você onde você for! A final são 36 anos no ar, mantendo o primeiro lugar em audiência! 36 anos lhe fazendo companhia e parte do seu dia a dia! E com 36 anos de história temos que agradecer a você ouvinte, que faz nossa rádio líder em audiência!

 

Obrigado ouvintes e parceiros da Macaúbas FM 103,9!

 

36 anos! Com você, onde você for!

Categorias
Geral

Decreto: De 28 de fevereiro até às 14 horas do dia 2 de março terá ponto facultativo em Macaúbas

Através do Decreto Municipal, de número 018/2022, o Prefeito de Macaúbas/BA estabeleceu ponto facultativo no município macaubense, nos dias 28 de fevereiro, 1º e 2 de março.

Nestes dias serão comemorados o Carnaval e a Quarta-Feira de Cinzas.

Vale ressaltar que o ponto facultativo do dia 2 (dois) será até às 14 horas.

Os serviços públicos essenciais serão mantidos, de acordo com o decreto.

Confira o Decreto completo.

Por: João de Jesus / Foto: WhatsApp/MacaúbasFM

Categorias
Geral

Macaúbas: Município confirma mais 2 óbitos por Covid-19; Total de mortes pela doença chega a 24

Nesta quarta-feira (23 de fevereiro) a Prefeitura Municipal de Macaúbas/BA, através da Secretaria de Saúde, confirmou mais 2 (dois) óbitos por Covid-19. De acordo com a nota de pesar, publicada pela Gestão, trata-se de uma paciente do sexo feminino, de 78 anos de idade, e um homem de 79 anos.

Ambas mortes ocorreram na semana passada, porém as causas dos falecimentos ainda estavam em investigação e as confirmações ocorreram nesta quarta.

De acordo com a Prefeitura, a mulher faleceu em um hospital do Centro-Sul da Bahia, no dia 18 de fevereiro. Já o paciente do sexo masculino, morreu dentro do município de Macaúbas, no dia seguinte (19).

Com a nova atualização do boletim coronavírus, 24 macaubenses morreram em decorrência da Covid-19.

Além disso, são 2.941 casos confirmados, desde o início da Pandemia, sendo 75 ativos, com 1 pessoa internada e 3 transferidas.

O total de curados se mantém em 2.840, mesmo número informado no boletim de terça (22).

Dessa forma, nas últimas 24 horas foram confirmados 3 novos casos para o coronavírus em Macaúbas, com as 2 mortes citadas e mais 1 caso ativo.

A vacinação continua em Macaúbas. Nesta quinta (24), terá vacina da Janssen, para as pessoas de 18 anos ou mais; Pfizer para quem for tomar a 2ª dose e recebeu a 1ª até 23 de dezembro; Pfizer para quem for tomar a 3ª dose e recebeu a 2ª até 21 de dezembro.

O cronograma será:

  • Centro de Saúde: das 8h às 14h;
  • ESF Bela Vista: 8h às 11h30min;
  • ESF Loteamento Bastos: 13h às 16h30min;

Por: João de Jesus / Fotos: Divulgação

Categorias
Geral

Após ampla divulgação do jornalismo da Rádio Macaúbas FM, Antônio Francisco dos Santos conseguiu contato com seus familiares; Entenda o caso

Ouça a matéria no áudio:

No começo deste mês de fevereiro, a jovem Tainara, moradora da região de Uberlândia/MG, entrou em contato com a redação da Rádio Macaúbas FM para buscar informações sobre os familiares de seu avô. Segundo a moça, ele, de nome Antônio Francisco dos Santos, de 72 anos, residente em Fernandópolis/SP, saiu há mais de 50 anos da cidade de Boquira/BA e nunca mais voltou para a Bacia do Paramirim.

Após receber todas as informações que Tainara sabia sobre os familiares baianos, a equipe de jornalismo da 103,9 se prontificou a ajudar na procura.

Depois de alguns dias de divulgação, algumas pessoas entraram em contato com a redação da rádio e avisaram que possivelmente Antônio era parente delas.

Segundo Léia Souza, a reportagem chamou sua atenção e quando ela foi analisar, percebeu que se tratava de um tio que a família não via há décadas.

Eu não sou nem de lê muita reportagem assim, mas me chamou atenção o nome, minha avó sempre falava que estava desaparecido.

Segundo a jovem, que mora na comunidade de Olaria, município de Macaúbas/BA, poucos acreditavam que Antônio ainda estava vivo.

Era dado como morto, por que tanto tempo desaparecido e ninguém mais sabia notícia dele.

Léia agradece a Tainara por ter entrado em contato com a Macaúbas FM.

Graças a Deus.

A macaubense conta que os familiares são do município de Boquira, mas se mudaram para a Zona Rural de Macaúbas.

Por essa razão, a neta de Antônio passou as informações referentes a Boquira, visto que não sabia que a família tinha se mudado de cidade.

Outra pessoa que viu a matéria da rádio e logo desconfiou foi Marinalva.

Todas as características, já passamos tudo para os outros irmãos mais velhos, está identificando que é ele.

Após ter a certeza de que se tratava mesmo de um familiar desaparecido há mais de 5 décadas, Marinalva fez questão de agradecer o trabalho da Macaúbas FM.

Já conversei com as filhas dele, conversei com ele, emocionei muito. Fiquei muito feliz, obrigada.

Léia também agradeceu e espera que mais histórias tenham um final feliz como essa.

Graças a Deus encontramos, graças também ao jornalismo da Macaúbas FM. Muito obrigado.

Agora, devido a Pandemia, eles estão se falando apenas pela internet, mas em breve irão marcar para encontrar com Antônio e toda a família.

Quem também precisar de informações sobre familiares desaparecidos, pode entrar em contato com a Rádio Macaúbas FM, em algum dos canais de comunicação. A equipe irá buscar todas as maneiras de ajudar na concretização do desejo dos solicitantes. Clique aqui!

Relembre a notícia aqui.

Por: João de Jesus / Foto de Antônio com seus familiares de São Paulo: Arquivo da família

Categorias
Geral

Macaúbas: Moradores de Contendas reclamam de pertubação de sossego na Comunidade

Ouvintes entraram em contato com a Redação da FM 103,9 para pedirem explicações sobre os constantes fins de semana com pertubação de sossego, na Comunidade de Contendas, Zona Rural do município de Macaúbas/BA.

De acordo com os populares, na noite deste domingo (20 de fevereiro) mais uma vez muitos moradores da localidade ficaram impossibilitados de dormir, devido o barulho. Segundo contam, foi feito contato com a equipe da Polícia Militar (PM) e uma pessoa veio até a sede do batalhão, na cidade, mas não foi atendida a solicitação.

Prezando pela imparcialidade, o jornalismo da Macaúbas FM buscou esclarecimento com a equipe de comunicação da 4ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), que prontamente enviou a resposta.

De acordo com o pessoal da Guarnição de serviço do domingo, eles estavam em uma ocorrência e por essa razão explicaram para os moradores que não tinha horário específico para finalizar aquele serviço e, consequentemente, começar o outro.

Porém, segundo a polícia, assim que terminou a ocorrência anterior, os PMs passaram em Contendas, mais precisamente às 03h40min da madrugada de segunda (21), e já não havia mais nada para se fazer registro.

Além disso, informam que não escutaram nenhum chamado no quartel da sede de Macaúbas, nesse período.

A PM ainda se coloca a disposição, para qualquer esclarecimento e deixa o contato, caso alguém precise ligar:

  • Número da Central (77) 99974-4201;
  • Número da Viatura de Macaúbas (77) 99974-3968;

De acordo com uma publicação do Blog Jurídico Certo, a Lei de Contravenções Penais, no seu artigo 42, especifica que não se pode perturbar o trabalho ou o sossego alheio. Isso nas seguintes condições, segundo a LCP:

  • Com gritaria e algazarra;
  • Com o exercício de profissão incômoda ou ruidosa, em desacordo com as prescrições legais;
  • Com o abuso de instrumentos sonoros ou sinais acústicos;
  • Provocando ou não procurando impedir barulho produzido por animal de que tem a guarda.

Nestes casos, a penalidade é de prisão de 15 dias a 3 meses ou multa, dependendo do caso.

Algo que chama a atenção, segundo essa reportagem, é que não existe uma hora determinada para que qualquer pessoa utilize sons mais altos, que perturbem o sossego alheio, incomodando vizinhos.

Outro detalhe é que o denunciante não precisa acompanhar a polícia até a delegacia, pois uma notificação sobre uma possível infração penal não está cometendo um ato ilícito. Além disso, essa pessoa nem precisa se identificar.

O que deve ser feito no caso de perturbação do sossego?

No primeiro momento, o responsável pela contravenção será advertido sobre seu ato, seja ele qual for, sendo solicitado que pare com a perturbação.

Caso persista o problema, poderá ser preso, já que estará cometendo o crime de desobediência. Além da pessoa, será também apreendido o objeto que está causando a perturbação, quando for o caso.

Vale ressaltar que a contravenção é penal. Então, qualquer evento deve ter meios de impedir a saída de som para a parte externa dos estabelecimentos.

Atrelado a isso, deve-se levar sempre o bom senso da população, pois em qualquer lugar pode ter um som que atrapalhe o sossego dos vizinhos. Dessa forma, o diálogo entre as pessoas torna-se o meio mais evidente de resolver o problema, para que não precise recorrer às vias judiciais.

Por: João de Jesus / Foto: WhatsApp/MacaúbasFM

Categorias
Geral

Um morador do município de Livramento está necessitando de doações para realizar uma cirurgia

Um morador do município de Livramento está necessitando de doações para realizar uma cirurgia, conforme matéria do site Livramento Manchete publicada no dia 2 de fevereiro. Ele é diabético e precisa amputar um dos pés.

“Os familiares do paciente procuraram o Livramento Manchete, para fazer um apelo a população solicitando ajuda para custear com os procedimentos cirúrgicos. A sobrinha Ana Claudia, relata que o tio “José Adailton de Sena Gomes”, de 40 anos, foi diagnosticado com diabetes e que o dedo do pé direito dele começou a necrosar a partir do dia 26 de agosto de 2021, após sofrer fortes queimaduras no solado do pé. Adailton deu entrada a UPA 24 pelo menos três vezes.

Segundo Claudia, o tio foi levado novamente a unidade de saúde na última quinta-feira (27), lá ele ficou em observação, depois foi transferido ao Hospital Municipal Dr. Ulysses Celestino da Silva, onde está hospitalizado esperando a cirurgia.

A infecção no dedo necrosado se estendeu para todo o pé de José Adailton. Os médicos informaram a família, nesta semana, que agora seria preciso amputar urgente o pé inteiro do paciente, para não correr o risco dele perder a perna. Sem condições financeiras a familia pede ajuda para levar o homem a uma unidade de saúde particular, onde será submetido a uma intervenção cirúrgica. A contribuição pode ser feita através de depósitos na conta bancaria de Ana Cláudia Gomes Souza, pelo Banco Bradesco, Agência: 03528/ Conta: 0000000018732-1. A família agradece a todos pelo ato de solidariedade.”

Procedimentos como esse são realizados rotineiramente em Paramirim, pelo SUS, no Hospital Aurélio Rocha. Nessa sexta-feira (18), por exemplo, uma paciente diabética precisou passar por circurgia para amputação de uma perna, segundo a unidade de saúde.

Os diabéticos são mais vulneráveis a amputação de membros inferiores, pois o Diabetes Mellitus é uma doença metabólica crônica e se caracteriza por uma variedade de complicações, entre as quais se destaca o pé diabético, considerado um problema grave e com consequências muitas vezes devastadoras diante dos resultados das ulcerações, que podem implicar em amputação de dedos, pés ou pernas.

Fonte e foto: Paramirim Agora

Categorias
Geral

MP recomenda medidas para impedir crianças e adolescentes de dirigir em Ibipitanga

O Ministério Público estadual, por meio do promotor de Justiça Victor Teixeira Santana, recomendou aos agentes de trânsito, à Polícia Civil, à Polícia Militar e ao Conselho Tutelar que apreendam motocicletas ou quaisquer veículos automotores conduzidos por crianças ou adolescentes em Ibipitanga e encaminhem para a Delegacia de Polícia Civil.

O promotor de Justiça recomenda que a Polícia instaure procedimento investigatório do ato infracional, e que o veículo apreendido só seja liberado para motorista devidamente habilitado. Com o objetivo de garantir a proteção integral da criança e do adolescente, o documento orienta a imediata comunicação aos pais ou responsáveis, com o auxílio do Conselho Tutelar, quando necessário. Em 30 dias, as providências de cumprimento da recomendação devem ser encaminhadas para a Promotoria de Justiça de Macaúbas.

Na recomendação, expedida no dia 6, o promotor de Justiça Victor Teixeira Santana levou em consideração que diversas pessoas comunicaram informalmente à Promotoria de Justiça de Macaúbas a existência de “adolescentes e até mesmo crianças, ou seja, jovens com menos de doze anos, conduzindo carros e motocicletas na cidade de Ibipitanga. “Além de infringir a legislação, a situação coloca a população em risco, além da integridade da própria criança ou adolescente”, afirmou o promotor, lembrando que também constitui crime “permitir, confiar ou entregar a direção de veículo automotor a pessoa não habilitada e que não estejam em condições de conduzir com segurança”, sendo um agravante se o veículo for confiado a criança ou adolescente.

Cecom/MP / Foto: WhatsApp/MacaúbasFM

Categorias
Geral

Macaúbas: Acidente em Cristais deixou condutora com lesões leves pelo rosto; Ela está bem e em casa

Na tarde deste domingo (20 de fevereiro), mais precisamente às 13 horas, ocorreu um acidente envolvendo um carro que colidiu contra um poste, no Distrito de Cristais, município de Macaúbas/BA. Apesar do susto, a condutora do veículo apenas sofreu ferimentos leves e foi atendida na Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24H) da cidade.

Segundo a motorista, de prenome Vera, ela ia saindo de casa com mais 4 (quatro) pessoas dentro do automóvel, inclusive seus sogros que íam para casa de outros familiares.

No meio da viagem, a sogra dela percebeu que tinha caído algum objeto no chão do carro. Nesse momento a idosa tentou pegar. Preocupada, Vera tentou impedir que a senhora abaixasse e corresse o risco de cair, então resolveu ajuda-lá.

Nesse momento, segundo a motorista, ela perdeu o controle da direção e o veículo colidiu contra um poste.

Apesar do susto, o que mais se teve foram danos materiais. Segundo a informante, o carro estragou um pouco na parte da frente. A condutora sofreu lesões leves no rosto, principalmente na boca.

Ela foi levada por parentes até a UPA, foi atendida e já liberada. No momento, ela diz que está bem e em casa com a família.

Por: João de Jesus / Foto: WhatsApp/MacaúbasFM

Categorias
Geral

Atleta Livramentense defenderá titulo internacional de jiu-jitsu pela primeira vez

Natural de Livramento de Nossa Senhora, o atleta Vinicius Oliveira, irá defender pela primeira vez um título internacional de jiu-jitsu na carreira.

Ele faz parte da academia Escola de luta HG, do mestre Hiago George. Vinicius disse que pratica jiu-jitsu a 6 anos. Começou em um projeto social e hoje é graduado na faixa marrom da modalidade.

Vinícius tem ainda diversos títulos regionais, estaduais, nacionais e agora está em busca do título internacional, da federação de Abu Dhabi, em Londres na Inglaterra.

A competição está marcada para 20 de março. Para realização do sonho, o atleta conta com apoio da população da região para custeios com a viagem.

Qualquer ajuda pode ser realizada pelo Pix/ 862.265.935-63, em nome de Vinicius Oliveira de Souza.

O atleta informou que já procurou o poder público de Livramento de Nossa Senhora e aguarda um posicionamento.

Fonte: Rádio Portal Sudoeste / Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal

Categorias
Geral

Paramirim: Denúncia de negligência médica em parto no Hospital José Américo repercute na Sessão da Câmara; Unidade de saúde já emitiu uma nota de esclarecimento

O primeiro encontro de 2022, na Câmara de Vereadores do município de Paramirim/BA foi marcado por discussão de diversos assuntos polêmicos. A sessão, que foi realizada na noite de sexta-feira (18), contou com alguns vereadores abordando algumas denúncias envolvendo supostas negligências médicas, no Hospital José Américo Resende. Além disso, os legisladores também falaram da atuação do serviço de Guarda Municipal, que foi orientada recentemente pelo Ministério Público a se abster de operações policiais.

Sobre o tema relacionado a saúde, alguns vereadores usaram os seus direitos de fala, na sessão desta sexta, para discorrer sobre o fato. De acordo com O ECO, o vereador João de Jorge falou de uma denúncia de suposta negligência médica, na qual tinha ocorrido no dia anterior (17/02).

Ele cita que uma gestante chegou ao Hospital José Américo Resende já sentindo fortes dores e contrações, mas devido a uma demora na realização do atendimento médico, segundo familiares, o óbito da criança foi confirmado posteriormente.

Já o vereador Francisco Carlos Castro Teixeira disse que essa é mais uma denúncia gravíssima contra a unidade de saúde, que também mantém a Rede Cegonha do município.

Enquanto o edil Antônio Francisco dos Santos Neto ressaltou que já são 3 mortes de crianças, em um curto espaço de tempo, com suspeitas de graves erros médicos.

Os vereadores cobram interferência do MP, no sentido de agilizar as investigações.

Confira a sessão completa na íntegra, clicando aqui.

Uma ouvinte entrou em contato com a redação da Rádio Macaúbas FM relatando uma situação parecida que ela também passou.

Segundo a mulher, que preferiu não se identificar, no mês de novembro de 2021 ela deu entrada no Hospital José Américo Resende com algumas dores e 41 semanas de gestação.

Após muitas horas de sofrimento e dor, já dentro da unidade de saúde, a bebê nasceu sem conseguir respirar direito. Mesmo após reanimação, procura de vagas em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) próximas, entre outros procedimentos, a recém-nascida foi transferida para Vitória da Conquista/BA, mas não resistiu e evoluiu a óbito.

Conforme a paramirinhense, ela acredita que devido a demora e pelo esforço que fez, a bebê pode ter engolido muito líquido e outras substâncias.

De acordo com a ouvinte, não apenas ela passou por uma situação como essa. Dessa forma, cobra uma explicação dos órgãos responsáveis.

Sobre o fato relatado pelos vereadores de Paramirim, ocorrido agora em fevereiro, a unidade de saúde emitiu uma nota, na qual a redação da Macaúbas FM teve acesso.

Confira na íntegra:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

 

FUNDAÇÃO DE SAÚDE DE PARAMIRIM – HOSPITAL JOSÉ AMÉRICO REZENDE 19/02/2022

 

A Fundação de Saúde de Paramirim Hospital Jose Americo Rezende, vem através desta, informar sobre o ocorrido na última quarta-feira, dia 16 de fevereiro de 2022, onde uma usuária do sistema de saúde deu entrada as 23:30 horas nesta unidade hospitalar. A paciente alegava dores abdominais e gravidez de 36 semanas. O médico plantonista do hospital Dr. José Ricardo acompanhado da enfermeira obstetra, Luana A. P. Silva, tentaram realizar uma avaliação obstétrica completa, mas a paciente se recusou. Nesta ocasião, ela relatou que estava em tratamento no hospital Esaú Matos de Vitória da Conquista, pois se tratava de uma gravidez de alto risco, com má formação fetal, sendo informada que o parto teria que ser realizado naquele hospital de referência e com UTI NEONATAL. Diante deste fato, imediatamente foi inserida na central de regulação para o hospital de referência, entretanto, durante toda a noite, a regulação foi negada.

 

Na manhã seguinte, quinta-feira às 08:00 horas, a paciente se encontrava sem dor, e como estava bem, solicitou alta, o que foi concedido, porém com a orientação de procurar o hospital Esaú, onde vinha se tratando.

 

No mesmo dia, 17 de fevereiro de 2022, no período da noite, às 21:00 horas a paciente voltou ao hospital com dores, sendo examinada pela enfermeira obstetra, Patrícia Leão, e a médica plantonista, Dra. Bruna Viana. Novamente, a paciente se recusou a ser tocada para uma avaliação obstétrica, mesmo assim foi conseguido fazer um exame incompleto. Mais uma vez, ela foi medicada e inserida na central de regulação. Além disso, foi feito um contato telefônico com Dr. André, diretor do Hospital Esaú, na tentativa de conseguir a transferência.  Até às 23:00 horas desta mesma noite, a regulação continuava sendo negada.

 

Às 23:20 horas a paciente perdeu líquido amniótico, ou seja, rompeu a bolsa. Neste momento foi examinada por Dr. Jurandi Marins Leão e a equipe de enfermagem obstétrica que constatou que a mesma estava na iminência do parto. Foi levada para a sala de parto, dando à luz às 23:55h. Comprovou neste momento o diagnóstico de má formação fetal (gastrosquise mais volvo). Apesar das manobras de reanimação por cerca de proximamente uns 30 minutos não se teve sucesso.

 

Estes dados estão todos documentados e poderão ser solicitados por autoridades competentes. A patologia do recém-nascido, mesmo em centros especializados, apresenta alta taxa de mortalidade. Em todos os momentos envidamos esforços para transferir a paciente, dado a gravidade do caso clínico. Sentimos muito pela perda de uma vida, prestando as condolências aos familiares.

 

Informamos também que essa unidade hospitalar tem sido alvo de críticas de pessoas que sequer conhecem a realidade dos procedimentos médicos adotados, sequer conhecem o hospital muito menos solicitaram esclarecimentos sobre os fatos. Reafirmamos que o Hospital José Americo Resende preza pelo bom
atendimento, transparência e respeito a todos os pacientes e comunidade e continuará prestando todos os esclarecimentos necessários, para demonstrar a lisura na condução de suas atividades.

Confira também a nota em PDF:

NOTA DE ESCLARECIMENTO final 20fevereiro22

Em relação ao fato descrito e ocorrido, segundo a ouvinte, no último mês de novembro, a emissora se coloca a disposição da unidade de saúde, para também esclarecer qualquer ponto que for necessário.

Ainda na sessão da Câmara de sexta, outros legisladores não deixaram de citar sobre os supostos abusos praticados pela Guarda Municipal de Paramirim.

Na última quarta-feira (16), o Ministério Público expediu uma recomendação para a Instituição Pública não atuar em operações policiais no Município.

De acordo com o Ministério Público estadual, por meio da promotora de Justiça Gabrielly Coutinho Santos, foi feita uma recomendação ao Município de Paramirim que não inclua a Guarda Municipal Patrimonial nas operações policiais na cidade.

“Recebemos denúncias de que a Guarda Municipal Civil estaria fazendo investigações para apuração de crimes e aplicando multas de trânsito”, destacou a promotora de Justiça.

Neste documento, o MP recomendou ainda que a atuação da Guarda Municipal Patrimonial no trânsito da cidade deve ser de caráter educativo.

“No Município de Paramirim temos a LC nº 03/2017 que estabeleceu funções operacionais e administrativas à Guarda Municipal Patrimonial, não funções de policiamento judiciário, ostensivo ou repressor”, destacou a promotora de Justiça, segundo a Cecom MP.

Na sessão, a vereadora Cleuziomar Lima dos Santos afirmou que as denúncias formuladas por ela, resultaram na manifestação do Ministério Público.

O presidente da Casa Legislativa, vereador Fernando Rogério Oliveira Viana, ressaltou que existe uma necessidade de apuração de todas as denúncias. Além disso, que se comprovado a necessidade de substituição de comando, que essa seja feita, de acordo aos procedimentos legais, para garantir que a sociedade continue sendo servida pelos serviços prestados pela Guarda Municipal.

Por: João de Jesus / Foto: WhatsApp/MacaúbasFM