Categorias
Geral

Diplomação do prefeito, vice-prefeito e vereadores eleitos de Macaúbas!

 

Na manhã de ontem dia 14 de dezembro de 2020, ocorreu a solenidade de diplomação dos prefeitos, vice-prefeitos, dos vereadores e vereadoras eleitos(as) e vereadores primeiro suplente de cada partido das cidades de Macaúbas, Boquira e Ibipitanga.

Por conta da pandemia do Coronavírus e seguindo todas as recomendações de saúde perante a Covid-19, a diplomação aconteceu de forma remota. Aqui em Macaúbas aconteceu através do ‘‘Zoom’’ e durou cerca de 20 minutos.

Diplomação é o ato pelo qual a Justiça Eleitoral atesta quem são, efetivamente, os eleitos e os suplentes, com a entrega do diploma devidamente assinado. Essa diplomação é a confirmação do resultado das urnas, os eleitos estarão habilitados a exercerem suas funções a partir do dia 01 de Janeiro de 2021.

Os eleitos irão receber o diploma presencialmente no Cartório Eleitoral que já está disponível para os mesmos.

 

Reportagem: Raí Henrique

Categorias
Geral

Aos 48 anos, Ivete coloca silicone, faz lipoaspiração e intervenções no rosto

A cantora Ivete Sangalo passou por procedimentos estéticos na noite desta segunda-feira (30). De acordo com informações da colunista Fabia Oliveira, a baiana colocou próteses mamárias e ainda fará uma lipoaspiração no abdômen.

A intenção é retirar aquela “pochete” que a artista já tinha dito que não conseguia remover com alimentação e atividade física. Inclusive, no Carnaval de 2014, ela deu uma resposta afiada ao jornalista Casemiro Neto após insistência de que a “barriguinha” era gravidez.

Além disso, a baina fará mudanças estéticas no rosto: uma blefaroplastia — cujo objetivo é remover a pele enrugada das pálpebras inferiores e superiores. Os procedimentos são por conta do cirurgião Eduardo Pires Fakini. O Bahia Notícias tentou contato com a assessoria da cantora, mas a equipe informou que não comenta de sua vida pessoal. Aos 48 anos, Ivete é mãe de Marcelo Sangalo e das gêmeas Helena e Marina.

Fonte: Bahia Noticias

Categorias
Geral

Redução no auxílio pressiona, e 2,7 milhões de brasileiros vão em busca de emprego

Os brasileiros estão voltando a procurar emprego em meio à pandemia. Desde agosto, a força de trabalho teve um aumento de 2,8 milhões de pessoas, em período que coincidiu com o corte pela metade do auxílio emergencial e a flexibilização cada vez maior das medidas restritivas no combate á Covid-19.

Segundo dados da Pnad Covid divulgados nesta terça-feira (1), a força de trabalho chegou a 97,8 milhões em outubro, um aumento de 1,4 milhão desde setembro, quando o auxílio emergencial sofreu redução pela metade, indo de R$ 600 para R$ 300.

Especialistas ouvidos pelo jornal Folha de S. Paulo já vinham alertando que o corte no benefício ia pressionar o mercado de trabalho e também aumentar a taxa de desocupação, que bateu 14,1% em outubro, nova alta na Pnad Covid, mas menos acentuada em que em outros períodos. Em setembro, o desemprego apontado pela pesquisa estava em 14%.

Mesmo com a redução da população fora da força de trabalho – que foi de 74,1 milhões para 72,7 milhões, ainda há um contingente considerável de pessoas que não procuraram trabalho devido à pandemia ou por falta de vaga na localidade em que vivem.

Eram 14,5 milhões de brasileiros nessa situação em outubro. Porém, o indicador vem em queda desde julho. A redução foi de 4,4 milhões, sendo que quase 1,5 milhão entre setembro e outubro.

No mesmo período, a população ocupada teve um acréscimo de 1,2 milhão de pessoas, enquanto os desocupados cresceram 300 mil. Isso indica que os brasileiros estão retornando ao mercado para procurar emprego.

O relaxamento do distanciamento social pelo país também contribuiu para a volta dos trabalhadores ao mercado de trabalho. “As pessoas passaram a procurar emprego”, diz a coordenadora da pesquisa, Maria Lucia Vieira.

“A maior parte da população brasileira precisa trabalhar para pegar conta e não consegue ter grandes períodos sem ter fluxo de receita para pagar despesas.”

A Pnad Covid apontou que, em outubro, a flexibilização das pessoas quanto ao isolamento seguiu em alta. A quantidade de brasileiros que não tomou nenhuma medida restritiva para evitar contágio pela Covid-19 aumentou em 3,3 milhões em um mês.

Também reduziu em 8,2 milhões o grupo de pessoas rigorosamente isolado, assim como caiu em 4,6 milhões o número de brasileiros que ficou em casa e só saiu em caso de necessidade.

A maioria dos brasileiros – 93,8 milhões – diz ter reduzido o contato com outras pessoas, mas continuou saindo de casa ou recebendo visitas.

A pesquisa ainda mostrou que 7,6 milhões estavam trabalhando de forma remota em outubro, uma redução de 500 mil pessoas na comparação com o mês anterior.

Os dados de outubro da Pnad Covid ainda apontam que a informalidade teve sua maior alta até então, com cerca de 700 mil novos brasileiros nessa situação, totalizando, agora, 29 milhões de empregos informais.

Os informais foram os mais afetados no início da pandemia no mercado de trabalho, por conta das medidas restritivas que fecharam comércios, restaurantes e bares pelo país. Porém, o indicador voltou a crescer, o que indica que os brasileiros estão buscando emprego.

“A gente tem nesse período um período em que todo mundo ficou isolado dentro de casa, fazendo distanciamento social, e essas medidas foram sendo flexibilizadas, e então essas passaram a procurar alguma ocupação para ter algum tipo de rendimento”, analisou Maria Lucia Vieira.

A população ocupada também vem em crescimento. Totalizou 84,1 milhões em outubro. A parcela desocupada em idade de trabalhar chegou a 13,8 milhões.

A taxa de desemprego de 14,1% é um recorde nos parâmetros dessa pesquisa iniciada em maio para medir os efeitos da pandemia no mercado de trabalho. Os dados da Pnad Covid não podem ser comparados com os da Pnad Contínua, que indicam os números oficiais do emprego no Brasil.

Fonte: Bahia Noticias 

Categorias
Geral

CDL realizará a Caravana Natal da Esperança nas principais ruas do comércio de Brumado 01 Dez 2020 – 15:30h Neste ano, em virtude da pandemia, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Brumado realizará uma campanha diferenciada de final de ano: a Caravana Natal da Esperança. Com uma programação especial, o Papai Noel e sua turma circularão pelas principais ruas do comércio. Confira a programação: 01/12 (saída do ginásio de esportes às 17h): Papai Noel, Olaf, Mickey e Minnie; 08/12 (saída do ginásio de esportes às 17h): Papai Noel , Mamãe Noel, Galinha Pintadinha e Pintinho amarelinho; 19/12 (saída do ginásio de esportes às 9h): Papai Noel, Luccas Neto, Gy e Homem Aranha; e 22/12 (saída do ginásio de esportes às 17h): Papai Noel, Duende, Minions, Patrulha Canina e Pato Donald. “Venha fazer suas compras em nosso comércio, deixe as cartinhas no Noel Móvel e fique na torcida para ver o seu pedido atendido”, convidou a diretoria da CDL. Policial militar é agredido após suposta injúria racial no centro da cidade de Brumado 01 Dez 2020 – 15:00h Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste Na madrugada da última segunda-feira (30), uma briga foi registrada na Praça Coronel Zeca Leite, no centro da cidade de Brumado. No local, um homem teria agredido um policial lotado na 46ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), em Livramento de Nossa Senhora, após o mesmo lhe chamar de “negro”. De acordo com o boletim de ocorrência, o próprio agressor chamou a polícia, bem como acionou o Centro Integrado de Comunicações (Cicom). Segundo apurou o site Achei Sudoeste, de maneira hostil, ele proferiu vários impropérios aos agentes de serviço no Cicom, sendo orientado a aguardar a chegada da guarnição. Ambos foram levados e apresentados na Delegacia de Polícia Civil de Brumado, onde foram ouvidos pelo Delegado Plantonista. Com taxa extra, conta de luz fica mais cara a partir desta terça-feira (01)

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu nesta segunda-feira (30) que haverá cobrança extra na conta de luz dos consumidores a partir desta terça (1º). Em reunião extraordinária, a Aneel decidiu que será cobrada a bandeira vermelha patamar 2, cujo valor é o maior no sistema de bandeiras da agência. Com isso, a cobrança extra será de R$ 6,24 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. Em 26 maio, a Aneel havia anunciado que não haveria cobrança extra na conta de luz até 31 de dezembro deste ano, em razão da pandemia do novo coronavírus. Na reunião desta segunda-feira, contudo, a agência decidiu revogar a decisão e aplicar a bandeira vermelha patamar 2.

Fonte: Achei Sudoeste

Categorias
Geral

Mortes por covid-19 podem aumentar na Bahia nas próximas semanas, alerta secretário da saúde

A Bahia deve começar a sentir os reflexos e consequências do período eleitoral nos próximos dias. O secretário da Saúde da Bahia (Sesab), Fábio Vilas-Boas, afirmou nesta segunda-feira (30), que a pasta já identifica elevação do número de casos e ainda de pessoas internadas em todas as regiões da Bahia, com um agravante: “internadas de forma mais grave do que aconteceu no começo”, acrescentou o titular da Saúde. “Estamos com números que remontam ao início da pandemia. Essa elevação era previsível, nós estávamos enxergando uma flexibilização totalmente fora de controle em todo país, com carreatas, festas”, citou Vilas-Boas em entrevista ao Jornal da Manhã, da TV Bahia. O secretário em seguida acrecentou que o que chama de “fenômenos pré-eleitorais” podem alavancar os números da pandemia em todo o país. “É possível que ao longo das próximas semanas possa começar a ver aumento da taxa de mortalidade”, admitiu. Outra análise do secretário é de que esse momento da pandemia se aproxima do início em números, mas a situação é diferente. Segundo ele há agora a coexistência entre doenças tradicionais e a Covid-19, o que deixa o sistema de Saúde “duplamente pressionado”. Vilas-Boas exemplifica citando acidentes de carro, moto, AVC, e o retorno de cirurgias eletivas.

Fonte: Achei Sudoeste